Se gostou, compartilhe!

Afinal, o que coisas aparentemente tão distintas têm a ver? Laptop no colo pode afetar fertilidade, diz estudo. O Instituto de Reprodução Humana da Universidade do Estado de Nova York liberou um estudo polêmico que indica que o aquecimento dos laptops quando estão no colo de seus usuários pode estar diretamente ligado à queda da fertilidade masculina.

O instituto fez um teste com 29 homens que usaram notebooks por uma hora em seus colos, e descobriu que a temperatura escrotal dos voluntários subiu 2,8º C do lado direito e 2,6º C do lado esquerdo. Estudos feitos anteriormente mostraram que o aquecimento de 1 a 2,9 graus centígrados na região pode afetar a fertilidade masculina.

Segundo o estudo, o aquecimento foi provocado principalmente pelo fato de os homens estarem sentados com as pernas juntas para equilibrar melhor o equipamento – aliás, diz que sentar de pernas juntas naturalmente já aumenta a temperatura local. Mas mostra também que alguns laptops podem chegar a 70º C depois de um uso prolongado, o que potencializa ainda mais o problema. O diretor do instituto e também do departamento de urologia da universidade, Dr. Yefim Sheynkin, arrisca dizer até que o uso do laptop é a causa da infertilidade de 15% a 20% dos casais que passam por esse problema – as outras possíveis causas são o uso de drogas e de álcool, o fumo e a permanência em locais com a presença de pesticidas e outros produtos químicos no ar.

“Até fazermos novos estudos para obter mais informações sobre este tipo de exposição térmica, adolescentes e jovens homens poderiam considerar a idéia de limitarem o uso de laptops em seus colos como uma forma de preservar sua fertilidade a longo prazo”, disse o Dr. Sheynkin. Para acessar o estudo completo, em formato PDF, entre aqui.

Por InfoExame


Se gostou, compartilhe!