Se gostou, compartilhe!

Para que haja justiça

não basta promulgar leis,

muito menos sancionar

códigos em profusão

e juízes nomear.

É necessário também

que estes últimos possuam

liberdade de consciência

e que a norma moral

não lhes escape das mãos,

evitando grande mal.

***


Se gostou, compartilhe!